Eleito conselheiro efetivo junto ao Conselho Federal de Química (CFQ) pela primeira vez, Ali Veggi Atala será também o primeiro representante do CRQ XVI a compor a diretoria executiva do CFQ, atuando no cargo de 2º secretário, com o mandato de um ano. As eleições ocorreram no final de abril.

Ali Veggi Atala, que já foi presidente do Conselho Regional de Química da XVI Região e estava como conselheiro suplente junto ao CFQ, garante que assumir as novas funções é um grande desafio.

“É uma honra enorme. Nunca tivemos um representante do CRQ XVI ocupando esses cargos. É a primeira vez em 20 anos de existência do CRQ XVI e acontece em um momento muito importante. Com a pandemia, se colocou um holofote sobre a Química, viram a importância dos profissionais para a sociedade, e nosso desafio é manter a Química nesse lugar que é dela, de indispensável para todos.”

A presidente do CRQ XVI, Suzana Aparecida da Silva, destacou que a experiência de Ali Veggi junto ao Regional fará a diferença em sua atuação junto ao Conselho Nacional:

“O conselheiro Ali, ex-presidente do CRQ XVI tem experiência em implantação de Conselho Regional, experiência esta que será muito válida na diretoria do CFQ, pois conhece os gargalos e dificuldades que um regional enfrenta. Como a maioria dos Regionais são de médio a pequeno porte, poderá atuar fortemente nessas questões junto ao CFQ. Estamos muito felizes com a representação no CFQ, por um conselheiro que conhece muito das nossas dificuldades. Acreditamos que será um excelente mandato, com muito trabalho para o crescimento do sistema CFQ/CRQs.”

Confirmando a expectativa da presidente, Ali Veggi afirmou que pretende seguir atuando em prol da estruturação dos Conselhos e da valorização dos profissionais.

“A ideia é continuar ajudando na estruturação dos conselhos regionais e muito disso parte do trabalho de valorização dos profissionais. Para isso, precisamos trabalhar muito com todas as modalidades da Química, atuar junto às escolas e universidades para conscientizar os profissionais de que são eles que fazem os conselhos regionais, além de demonstrar a importância da atuação do conselho para garantir um mercado de trabalho seguro”, afirmou.

Outro ponto que vai nortear a atuação do conselheiro Ali é o trabalho de conscientização da sociedade sobre a importância dos profissionais.

“Entendo que os Conselhos devem atuar como um elo entre a sociedade e a categoria da Química. É a partir do trabalho de fiscalização, com a garantia de que a sociedade está recebendo produtos e servidos de qualidade, que existem profissionais gabaritados atuando junto às empresas e industrias, que vamos ajudar a sociedade a perceber a importância dos profissionais. Por isso, a intenção é ajudar nesse trabalho de conscientização e fiscalização que consequentemente, levará ao reconhecimento do trabalho dos profissionais da Química.”