Esta data foi criada a partir do decreto de lei nº 53.697, de 13 de Março de 1964, que regulamentou a lei nº 4.089, de 13 de Julho de 1963, que garantiu a criação do Departamento Nacional de Obras de Saneamento.
Com o objetivo de homenagear a função do profissional que se dedica a garantir a saúde de milhões de pessoas através do desenvolvimento de projetos e investigações no serviço de saneamento básico e geral, foi criado o Dia do Engenheiro de Saneamento.
O foco principal do engenheiro de saneamento é a qualidade de vida da população, garantindo que tenham acesso à água potável e tratada para consumo bem como um sistema de tratamento de esgoto adequado e funcional.
Além de um grande conhecimento na área dos recursos hídricos, este profissional também deve ter ampla formação sobre os assuntos ambientais.
Portanto, trata-se de profissional que laboram na área da Química do meio Ambiente e do Saneamento Ambiental.
No Brasil, para o exercício legal desta profissional, o engenheiro de saneamento deve estar inscrito no Conselho Regional de Química (CRQ), que em conformidade com a lei 2800 de 18 de Junho de 1956, fiscaliza o exercício profissional na área da Química.
Ainda para atender a referida lei e garantir o exercício profissional o Conselho Federal de Química editou em 2015, Resolução Normativa específica para atender essa modalidade da Química. A Resolução Normativa 259, define as atribuições dos profissionais que menciona e que laboram na área da Química do Meio Ambiente e do Saneamento Ambiental.